INÍCIO

1 de fevereiro de 2021


DURAÇÃO DO CURSO

1 de fevereiro de 2021 a 18 de abril de 2021

Revisão de véspera: 19 a 23 de abril de 2021

VALOR

R$ 247,00 a vista no boleto ou cartão

ou 12x de R$ 23,55 no cartão


Saiba mais sobre o ENCCEJA


O QUE É O ENCCEJA?
O Exame Nacional para Certificação de Jovens e Adultos é uma prova realizada pelo INEP que foi criada em 2002 objetivando avaliar o conhecimento das pessoas que voltaram a estudar após não terem conseguido concluir o Ensino Fundamental ou o Ensino Média na idade adequada. Com apenas uma prova o aluno pode ser aprovado e receber o certificado de conclusão.
QUEM PODE PARTICIPAR?
Jovens e Adultos que moram no Brasil ou no exterior, inclusive pessoas privadas de liberdade. Para receber a certificação do Ensino Fundamental é preciso ter, no mínimo, 15 anos completos na data da prova, assim como para ter a certificação do Ensino Médio é preciso ter, no mínimo, 18 anos completos na data da prova. Caso o candidato não tenha concluído o Ensino Fundamental e tenha mais de 18 anos, ele já pode fazer o exame direcionado para o Ensino Médio.
ONDE É FEITA A INSCRIÇÃO E QUANTO CUSTA?
As inscrições do Encceja são feitas pela página oficial do exame, sendo a participação totalmente gratuita. O Inep (https://www.gov.br/inep/pt-br) costuma abrir inscrições para o exame no mês de agosto e as provas são realizadas em outubro. Para as provas aplicadas no Brasil, o estudante precisa ter em mãos o número do CPF e do Documento de Identidade. Para quem mora no exterior, é necessário CPF e número do passaporte. Pessoas privadas de liberdade ou em medidas socioeducativas precisam de um responsável pedagógico para que a inscrição no Encceja seja feita. Todos os inscritos têm que responder ao Questionário Socioeconômico (QSE) para concluir o cadastro no Encceja. A exceção fica para aqueles que se inscreverem no ano vigente e precisarão fazer novamente a prova no próximo ano: se faltarem a todas as provas sem justificar a ausência, vão precisar pagar uma taxa. O valor dessa taxa ainda não foi divulgado.
COMO É A PROVA?
As provas são divididas por área de conhecimento. Para o Ensino Fundamental, temos as provas de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação, Matemática, História, Geografia e Ciências Naturais. Para o Ensino Médio temos as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação, Matemática e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Ela é aplicada em um único dia, porém em dois turnos (manhã e tarde). E são feitas 30 questões por turno: Ensino Fundamental Manhã: Ciências da Natureza e Matemática (30 questões) Tarde: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física, Redação, História e Geografia (30 questões) Ensino Médio Manhã: Ciências da Natureza e Suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias (30 questões) Tarde: Linguagens e Códigos e Suas Tecnologias e Matemática e Suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e Suas Tecnologias (30 questões) A Redação tem uma nota de 0 a 10.
QUANTO TEMPO DURA A PROVA?
A prova do Encceja é feita em um dia, dividido em dois turnos. A abertura dos portões é às 8 horas, o fechamento às 8h45. O turno matutino começa às 9h e vai até às 13h, totalizando cinco horas de prova. Há um intervalo que vai de 13h às 14h30. O turno vespertino começa às 14h30 e vai até 20h30, totalizando seis horas de prova.
QUANTO PRECISO TIRAR PARA SER APROVADO?
O candidato precisa tirar 100 pontos em cada prova objetiva, sendo a nota máximo de 200 para cada área. Já na redação é necessário atingir média 5.
ONDE PEGO MEU CERTIFICADO?
Quem fizer o Encceja no Brasil deve procurar a Secretaria de Educação da sua cidade e instituições de ensino conveniadas ao Inep. Privados de liberdade terão acesso ao certificado por meio de seus responsáveis pedagógicos. Já para quem mora no exterior, o Inep envia o documento ao Ministério das Relações Exteriores, o qual encaminha para embaixadas e consulados do Brasil nos países que recebem o exame. O estudante que fizer o Encceja e não conseguir a pontuação mínima em cada prova objetiva e redação tem a opção de pedir a Declaração de Proficiência. Basta levar o número de inscrição e as notas do exame às Secretarias, para quem está no Brasil, ou órgãos responsáveis no exterior para que um documento seja emitido e essa disciplina não tenha que ser feita novamente no próximo Encceja.
QUAL A PREVISÃO DA DATA DA PROVA?
A previsão é que a prova seja realizada em dezembro de 2020.
O ENCCEJA É RECONHECIDO PELO MEC?
Sim. O Encceja é o meio oficial, reconhecido pelo Ministério da Educação, para obtenção de diplomas de ensino fundamental e médio para quem não terminou a educação básica na idade escolar adequada. Aqueles que conseguem a pontuação necessária para garantir a certificação, têm um diploma válido em todo país.
POSSO APROVEITAR O RESULTADO DO ENEM PARA PROVA DO ENCCEJA?
Sim. Quem fez o Enem entre 2009 e 2016 e conseguiu a pontuação necessária em algumas áreas do conhecimento, mas em outras não, pode se inscrever no Encceja para tentar aprovação na área do conhecimento que falta para conseguir o diploma de ensino médio.
QUEM JÁ FEZ O ENCCEJA E NÃO PASSOU PODE FAZER NOVAMENTE?
Pode. Um ponto positivo do Encceja é que o exame é composto por quatro provas e uma redação. Se o participante garantir a pontuação necessária em algumas das provas, só precisará fazer de novo as provas das matérias nas quais não conseguiu passar. Ou seja, se você foi bem em uma área do conhecimento e mal em outra, no ano seguinte só fará as provas das áreas em que não atingiu a nota mínima.
COMO PEGAR O DIPLOMA ESTANDO NO EXTERIOR?
Cabe ao Inep enviar os certificados ou declarações de proficiência para o Ministério das Relações Exteriores (MRE). Esse órgão encaminhará o documento às Embaixadas ou Consulados do Brasil em cada país. Os participantes devem solicitar o certificado nas Embaixadas e Consulados.
COMO SE INSCREVER NO ENCCEJA ESTANDO NO EXTERIOR?
A inscrição do Encceja Exterior, a versão do Exame voltada para participantes que moram fora do Brasil e por isso não conseguiram seu diploma, é feita integralmente online. No ato da inscrição é necessário informar o número do CPF. Se o candidato tiver se inscrito nas edições anteriores, vai precisar informar também o número do passaporte utilizado. O Inep irá enviar os certificados para o Ministério das Relações Exteriores (MRE), que encaminhará o documento às Embaixadas ou Consulados do Brasil em cada país. Os participantes devem solicitar o certificado nesses locais.

(+30min de aula)

EQUIPE


Atendimento No Whatsapp